Nossa Nação

História da Nação Porto Rico

Sua fundação oficial em livro de registro data de 1916, na cidade de    Palmares/PE, desenvolvendo-se lá por vários anos. Por falta de incentivo, a Nação entrou em declínio, reaparecendo sob a tutela de “Zé da Ferida” em Recife, no bairro de Água Fria.

Entra em declínio novamente na década de 50, com a repressão às manifestações afro-brasileiras e, após a morte do mestre, o maracatu foi recolhido para o museu. Apenas no final dos anos 60 o maracatu Porto Rico foi resgatado e voltou às ruas de Recife.

Reinaugurado com o nome de Porto Rico do Oriente em 1967, no bairro do Pina, com o coroado mestre e Babalorixá José Eudes Chagas e o apoio de Luiz de França e Veludinho (o mais antigo batuqueiro de maracatu de Recife), venceu o carnaval de rua de Recife no ano seguinte, na categoria de maracatu-nação, com todo seu esplendor, quando trazia em seu desfile uma réplica da caravela Santa Maria, iluminada por dentro e rolando sob rodas de bicicleta, recebida de presente de um artesão da comunidade do Pina. Essa réplica representa a chegada de escravos africanos no Brasil e é utilizada como símbolo da Nação Porto Rico.

No mesmo carnaval o Maracatu Porto Rico foi homenageado pela Comissão Pernambucana de Folclore por ter sido responsável pela restauração de uma tradição folclórica em perigo de desaparecimento. Destacando-se nesse período a atuação da antropóloga Katarina Real (foto), quem entregou o prêmio e muito contribuiu para a pesquisa e a preservação do folclore Pernambucano e a reorganização do carnaval de Recife, principalmente ao resgate da Nação Porto Rico. Fica aqui nossa homenagem para esta corajosa mulher que tanto dedicou-se ao estudo e preservação de nossas origens e de José Eudes Chagas.

Em 1978, com a morte de Eudes, mais uma vez o maracatu retorna ao museu, ressurgindo em 1980, com a última rainha coroada na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, a Yalorixá Elda Viana, cerimônia posteriormente proibida pelo Vaticano por causa da sua ligação com o candomblé.

Nos anos 80, Mestre Jaime e seu trabalho junto à Nação marcam nossa história. A Nação Porto Rico tem como mestre Jailson Chacon Viana (filho da Rainha Elda) que se destaca pela criação rica de toadas e pelo diferencial instrumental no baque, como a introdução de atabaques. Esse fato a fez receber muitas críticas, inclusive das outras Nações de Maracatu, porém essa introdução tem seu fundamento nas tradições africanas, pois, naquela época, os negros tocavam atabaques muito antes de desenvolverem outros instrumentos como observado por diversos pesquisadores em seus relatos históricos.

Hoje a Nação do Maracatu Porto Rico é octa-campeã do carnaval recifense, exibindo sua excelente e rica organização instrumental, dividindo seus tambores, chamados de alfaias (também conhecidos por bombos) em quatro tipos, divididos pelo tamanho, o timbre e a sua função; seus nomes se originam do Nagô: Melê, Biancó, Ian e Iandarrum.No ano 2002 a Nação gravou um CD,

Gravado em 2002

com o nome de Baque das Ondas, como é conhecido seu baque, devido a sua execução forte e ao mesmo tempo cadenciada, reverenciando o movimento do mar.E agora em  2009 gravou seu  segundo CD  ao vivo com o titulo A Noite do Dênde todas as loas inéditas com a participação da rainha e yalorixa Elda Viana gravado na terça negra em Recife/PE  produzido pelo mestre Shacon Viana.

7 comentários

  • #1 by Eduardo Turri on dezembro 15th, 2009

    Quote

    Pessoal…….o link chama para o Encanto do Pina, mas leva pra página sobre o Porto Rico!!!!!!

    bjo

  • #2 by Rei Riva Naçao Porto Rico on abril 29th, 2010

    Quote

    ENCONTRO EUROPEU DE MARACATUS 2010
    MESTRE SHACON VIANA PELA QUARTA VEZ CONSECUTIVA DIRETO DO RECIFE PARA EUROPA MINISTRA 380 BATUQUEIROS.VIAGEM DO NOSSO MESTRE PARA EUROPA NO DIA 24 DE JUNHO COM MUITO AXÉ.

  • #3 by luana on novembro 2nd, 2010

    Quote

    nossa issso é muito grande nao tem como resumi

  • #4 by luana on novembro 2nd, 2010

    Quote

    Escreva seu comentário aqui

    luana :

    Seu comentário está aguardando moderação.

    nossa issso é muito grande nao tem como resumi

  • #5 by henrique on setembro 4th, 2011

    Quote

    é muito bom aprender + estou serto?

  • #6 by jurandir on agosto 28th, 2014

    Quote

    alguém sabe noticias dos filhos de jose eudes chagas.

  • #7 by felipe on março 9th, 2015

    Quote

    Filhos não sabemos, porém sei que a netos em recife.
    grande Abraço